Alagoas, 03 de julho de 2022 23º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
SAÚDE

Campanha de vacinação contra Influenza e Sarampo segue até sexta

Ascom SMS

23/06/2022 19h07 - Atualizado em 24/06/2022 09h09

Sarampo voltou a atacar no Brasil
Foto: AssessoriaSarampo voltou a atacar no Brasil

O Ministério da Saúde prorrogou, até esta sexta-feira, 24, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza e o Sarampo. A imunização nos grupos prioritários iria terminar no dia 3 de junho, mas, por conta da baixa procura, foi adiada. Em Maceió, a imunização segue para o público-alvo. A decisão é resultado da baixa adesão dos maceioenses à campanha.

A Gerência de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde reforça a importância da vacinação e orienta o público-alvo da campanha, que ainda não se vacinou, a procurar uma unidade de saúde e garantir a imunização.

“A campanha de vacinação contra a Influenza e o Sarampo está sendo disponibilizada para o público-alvo desde o mês de abril. Vale lembrar que essa vacina é reformulada anualmente, então a vacina do ano passado não é a mesma deste ano. Existem cepas que foram introduzidas na vacina, a exemplo da H3N2. Então, as pessoas que se enquadram nos grupos prioritários determinados pelo Ministério da Saúde precisam sim buscar essa imunização”, enfatiza a enfermeira da Gerência de Imunização de Maceió, Camila Peixoto.

Quem pode se vacinar


Influenza - Crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), idosos, gestantes, puérperas, professores, profissionais da saúde, pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, profissionais das forças de segurança e salvamento, Forças Armadas, caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade, sob medidas socioeducativas, além da população privada de liberdade.

Sarampo - Crianças e profissionais de saúde.

Dados


De acordo com o último levantamento da Gerência de Imunização, de 58.928 crianças de 6 meses a menores de 5 anos, apenas 28,42% foram imunizadas. Gestantes e puérperas estão com 28,72% e 17,63%, respectivamente, das mulheres vacinadas. Dos idosos, que correspondem a 124.338 pessoas, somente 44,80% receberam a dose contra a gripe. Já dos trabalhadores da saúde, 60,25% foram imunizados contra a Influenza.

Em relação à cobertura vacinal contra o sarampo, de 42.396 trabalhadores da saúde, apenas 16,67% foram imunizados e das 58.928 crianças, apenas 26,62% atenderam ao chamado e foram se vacinar nas unidades de saúde. A meta é chegar aos 90% de cobertura vacinal para cada grupo prioritário.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade