Alagoas, 03 de julho de 2022 23º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
TRANSFOBIA

Jovem transexual de 20 anos é assassinada a facadas no Tabuleiro

José Fernando Martins

11/01/2022 10h10

Jasmyne foi encontrada com sinais de violência
ReproduçãoJasmyne foi encontrada com sinais de violência

Mais um caso de crueldade com pessoas transexuais é registrado no Brasil. Jasmyne, 20 anos, entrou para as estatísticas após ser morta a facadas por cliente em Tabuleiro do Martins, parte alta de Maceió. 

O assassinato aconteceu no último domingo, 9, e amigas da vítima usaram as redes sociais para cobrar uma atitude da polícia.

Jasmyne saiu na noite deste sábado para fazer um programa. 

Segundo relatos, ela foi vista pela última vez às 22h e o corpo encontrado na manhã de domingo, em um terreno baldio próximo ao local onde garotas de programa costumam trabalhar. 

“Minha amiga sofreu vários golpes de faca por aquele maldito assassino que saiu com ela para fazer programa”, relatou Lanna Hellen, amiga da vítima. 

Ano após ano o Brasil segue líder no ranking de países que mais matam pessoas transsexuais no mundo.

Dados do projeto Transrespect versus Transphobia Worldwide (TvT) da ong Transgender Europe (TGEU), mostraram que pelo menos 125 travestis, homens e mulheres trans foram assassinados devido a sua identidade de gênero entre outubro de 2020 e setembro de 2021 no Brasil. (Com Correio Braziliense)

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade