Alagoas, 25 de janeiro de 2022 24º min 31º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
EM MACEIÓ

Vigilância apreende mais 1.600 kg de alimentos impróprios para consumo humano

Tamara Albuquerque

29/11/2021 15h03

Carne recolhida em estabelecimento: crime contra o consumidor
VISA/MaceióCarne recolhida em estabelecimento: crime contra o consumidor

A Vigilância Sanitária apreendeu 1.600 kg de alimentos perecíveis e impróprios para o consumo humano num trabalho de fiscalização realizado neste final de semana em feiras livres, laticínios, supermercados e frigoríficos, localizados nos bairros Jacintinho, Serraria e Benedito Bentes. Os nomes dos estabelecimentos são preservados pelo órgão em obediência à legislação em vigor, apesar do comportamento criminoso dos comerciantes.

O órgão percorreu estabelecimentos para verificar itens como condições de armazenamento, refrigeração, manipulação, conservação e comercialização dos alimentos. Dentre as apreensões estavam queijos, leite, frango, salsicha, mortadela, carnes e linguiças que apresentaram irregularidades como data de validade vencida ou adulterada e higienização precária. O consumidor, que muitas vezes não tem acesso à etiqueta do produto ou confia naquilo que a etiqueta mostra, é prejudicado num dos itens mais importantes da vida, que é a saúde. 

Os estabelecimentos onde foram recolhidos alimentos impróprios para consumo foram notificados e receberam multa de R$ 180 a R$ 19 mil, a depender da gravidade do caso. Os alimentos recolhidos foram descartados no Aterro Sanitário da cidade, situado no bairro do Benedito Bentes.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade