Alagoas, 03 de dezembro de 2021 26º min 32º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
JUSTIÇA

Mãe de irmãos mortos no Village por PM em 2016 pede condenação de acusado

Vítimas foram mortas durante abordagem policial de rotina no bairro

Redação

25/11/2021 13h01

Militar acusado do crime sentando no banco dos réus no fórum
TJMilitar acusado do crime sentando no banco dos réus no fórum

A mãe de Josivaldo Ferreira Aleixo e Josenildo Ferreira Aleixo, mortos em 2016, pediu nesta quinta-feira, 25, durante julgamento no Fórum do Barro Duro a condenação do policial militar Johnerson Simões Marcelino, acusado de atirar contra ambos durante uma abordagem policial em 2016, no bairro do Village Campestre, na parte alta de Maceió.

“Ele que pague e que fique lá por um bom tempo que é para não fazer mais isso com os filhos de ninguém”, disse Maria de Fátima em entrevista pouco antes do início do julgamento. O policial militar está preso desde 2016 e o julgamento pelo crime de homicídio triplamente qualificado começou às 9h.relacionadas_esquerda

“Eram minha companhia. Para mim, ficou difícil, porque perdi eles, depois perdi o pai deles e hoje eu estou sozinha aqui dentro de casa. Tomando remédio controlado de manhã e à noite e ainda tem dias que estou descontrolado, boto pra chorar”, disse.

À época do crime, Josivaldo tinha 18 anos, enquanto Josenildo tinha 16 anos, e conviviam com retardo mental em graus leve e moderado. A investigação apontou que os dois foram abordados com agressividade por policiais no momento em que retornavam da casa de um parente.

Ainda segundo a investigação, um deles teria reagido à violência e Johnerson Simões Marcelino sacado a arma para feri-los. Os disparos atingiram e mataram os irmãos, além de Reinaldo da Silva, que passava do outro lado da rua.

De acordo com o Ministério Público Estadual, apos execução do crime, o réu colocou os dois irmãos feridos na mala da viatura e, depois de trafegar alguns metros com as vítimas inocentes dentro do carro, ele retornou à cena do assassinato para recolher as cápsulas dos projéteis deflagrados.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade