Alagoas, 30 de novembro de 2021 26º min 32º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
OPERAÇÃO SUFOCO

Traficante morto em operação planejou assassinato de delegado e sargento da PM

José Stelio Marques também era acusado de matar policial federal

José Fernando Martins

26/10/2021 10h10 - Atualizado em 26/10/2021 10h10

José Stelio Marques de Souza Nizo
DivulgaçãoJosé Stelio Marques de Souza Nizo

O traficante José Stélio Marques de Souza, que morreu hoje, 26, em confronto com a polícia durante a Operação Sufoco, era acusado de participação na morte de um policial federal. O crime aconteceu em 2015.

Já em 2018, preso em Alagoas, Stélio ganhou as manchetes por um áudio gravado em que ameaça membros de uma facção criminosa. Ele também foi detido enquanto planejava assassinar um delegado da Polícia Civil, um capitão e um sargento da Polícia Militar.



Nesta quarta-feira, o criminoso foi surpreendido por policiais em Garanhus (PE) e morreu após reagir a abordagem. No local do crime, os policiais apreenderam quase R$ 3 milhões em drogas. Parte das drogas comercializadas em Alagoas pela organização.

A operação cumpriu 10 mandados de prisão e oito de busca e apreensão em Maceió e na zona rural de Garanhuns. Os mandados, expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital.

Além de Stélio, outro suspeito morreu na cidade pernambucana durante a ação policial. 

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade