Alagoas, 16 de outubro de 2021 25º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
MEIO AMBIENTE

Desenvolvimento Sustentável reforça ações ambientais para evitar descarte irregular

Equipes da Sudes estiveram na Jatiúca, no entorno das obras do Parque da Mulher, para inibir o despejo inadequado de resíduos e promover a conscientização dos moradores quanto à pauta ambiental

Secom Maceió

23/09/2021 17h05

Ecopontos recebem resíduos da construção civil, restos de poda e móveis inservíveis.
Foto: Ascom SudesEcopontos recebem resíduos da construção civil, restos de poda e móveis inservíveis.

A Superintendência Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Sudes), realizou, nesta quinta-feira, 23, mais uma ação de educação ambiental e fiscalização no entorno das obras do Parque da Mulher, na Jatiúca. O local é considerado um ponto crônico de descarte irregular e, mesmo com a construção de uma área de convívio social, a prática continua sendo executada por moradores e carroceiros que trabalham na região.

Para inibir o despejo inadequado, a Sudes enviou uma equipe de 10 educadores. Orientando a população sobre locais para o descarte correto e de como fazer denúncias, o órgão pretende convocar aliados na luta pela limpeza da cidade e beneficiar mais de 500 residentes do entorno.

A fim de penalizar os infratores, o órgão pôs uma equipe de fiscalização para fazer rondas no bairro, verificando possíveis práticas negativas cometidas por carroceiros, transeuntes ou empresas.

Ivens Peixoto, superintendente da Sudes, explica que a Prefeitura oferta Ecopontos para que sejam feitos os descartes, mas os carroceiros e os moradores não aderem. “Temos cinco Ecopontos em Maceió. Na parte baixa, e mais próximo da Jatiúca, temos o da Pajuçara, que pode ser acessado por moradores e carroceiros para o descarte de diversos materiais. Porém, estamos tendo pouca adesão e isso acaba atrapalhando o serviço de manutenção da limpeza da cidade”, disse.

Nos Ecopontos, a população e os carroceiros que fazem transportes na cidade podem descartar de pequenos volumes (até um metro cúbico) a resíduos de construção civil, restos de poda e material inservível e volumoso – como móveis e eletrodomésticos em desuso.

“Iremos intensificar as ações de fiscalização na região para punir quem continua praticando o descarte irregular. A limpeza da cidade é responsabilidade de todos, então a população em geral deve andar lado a lado com o poder público”, completou o superintendente.

Além de realizar o descarte nos Ecopontos, outra forma do cidadão ajudar a manter a cidade limpa é denunciando possíveis irregularidades através do número 0800 082 2600 ou whatsapp 98802-4834. Caso seja flagrado, o infrator pode receber uma multa que varia de R$ 120 à R$ 30 mil.

Endereço Ecopontos:

Pajuçara: Rua Campos Teixeira, n°476;Tabuleiro: Rua Botafogo, por trás do Posto de Saúde Dr. Ib Gatto Falcão;Dique Estrada: Av. Governador Teobaldo Barbosa – Vergel do Lago;Santa Lúcia: Avenida Oswaldo Ramos, 912 – Jardim Petrópolis;Santa Maria: Av. Lourival Melo Mota, Conjunto Santa Maria, s/n – Cidade Universitária.

 

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade