Alagoas, 19 de setembro de 2021 23º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
NÃO TEVE INTENÇÃO DE MATAR

Motorista que causou acidente na Fernandes Lima vai responder por homicídio culposo

Sérgio Praxedes foi filmado conduzindo o veículo na contramão e causando o acidente

Bruno Fernandes

23/07/2021 15h03 - Atualizado em 23/07/2021 18h06

PM foi acionada
ReproduçãoPM foi acionada

O motorista Sérgio Praxedes que provocou um acidente fatal na Avenida Fernandes Lima, em Maceió, na manhã desta sexta-feira, 23, está preso e vai responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. No acidente, duas pessoas ficaram feridas e um motociclista morreu na hora.

Como o expediente do Tribunal de Justiça desta sexta-feira já foi encerrado, a audiência deve ocorrer somente neste sábado, onde será decidido se ele permanece na prisão ou se vai ser solto.

Além de responder por homicídio culposo, ele terá que responder com o agravante de estar sob efeito de álcool, e de lesão corporal culposa na direção de veículo automotor, também agravada pelo uso de álcool. A embriaguez foi identificada pelo policiais militares que atenderam a ocorrência e pela presença de bebida alcoólica no carro.

O condutor, que foi levado para a Central de Flagrantes I, para a realização dos procedimentos cabíveis, estaria saindo de uma festa organizada pelo influencer e PM Kel Ferreti.

Vídeo mostra imprudência

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) divulgou as imagens das câmeras de videomonitoramento do órgão de trânsito que mostram o momento que o condutor.

Nas imagens é possível ver o momento em que o bancário Sérgio Praxedes dos Santos Filho saiu de um posto de combustível e foi pela contramão no sentido Tabuleiro dos Martins ao Centro e causou o acidente.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade