Alagoas, 19 de setembro de 2021 23º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
FAROL

Motorista embriagado atropela motociclistas e mata um na Fernandes Lima

José Fernando Martins

23/07/2021 08h08 - Atualizado em 23/07/2021 12h12

PM foi acionada; trânsito ficou obstruído
ReproduçãoPM foi acionada; trânsito ficou obstruído

Um condutor, que estaria bêbado, atropelou motociclistas e matou uma pessoa na Avenida Fernandes Lima, no Farol, em Maceió. O fato aconteceu na manhã de hoje, 23. 

Segundo informações, o bancário Sérgio Praxedes dos Santos Filho invadiu a contramão da via. A vítima, que morreu no local, tratava-se de um trabalhador de empresa de segurança.

Conforme populares, motorista saiu um posto de combustível e foi pela contramão no sentido Tabuleiro dos Martins ao Centro.

Agentes de segurança do Tribunal de Contas (TCE) prenderam o homem. Outra duas vítimas foram levadas ao Hospital Geral do Estado (HGE). 

De acordo com imagens mostradas pela TV Pajuçara, dentro do veículo, um Jeep Renegade, havia várias garrafas de cerveja. 

O condutor, que foi levado para a Central de Flagrantes I, para a realização dos procedimentos cabíveis, estaria saindo de uma festa organizada pelo influencer e PM Kel Ferreti.

Outros feridos

Duas vítimas do atropelamento causado pelo bancário motorista supostamente estão internadas no Hospital Geral do Estado (HGE), sendo uma delas em estado grave.

À imprensa, o HGE informou que Quitéria Gonçalves de Amorim, 46 anos, está na Área Vermelha Trauma com politraumatismo e fratura de pelve. 

Já José Cicero da Silva Santos, 46 anos, encontra-se na área vermelha, intubado, em estado grave.

Nota do Tribunal de Justiça

O desembargador Otávio Leão Praxedes esclarece que não tem qualquer parentesco com o acusado de provocar acidente automobilístico na Avenida Fernandes Lima, em Maceió, na manhã desta sexta-feira (23).

Praxedes também reforça que seus familiares não têm qualquer vínculo com o acusado. "Não conheço o acusado e entendo que cada um deve assumir a responsabilidade pelos seus atos, sejam ou não familiares meus", afirma o desembargador.





Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade