Alagoas, 18 de junho de 2021 24º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
PESQUISA DO IBGE

Setor de Serviços cai 2,8% em Alagoas durante o mês de abril

Redação com assessoria

11/06/2021 13h01 - Atualizado em 11/06/2021 15h03

Setor de serviços registrou mais uma alta no último levantamento realizado pelo IBGE
Agência BrasilSetor de serviços registrou mais uma alta no último levantamento realizado pelo IBGE

O setor de serviços teve queda de 2,8% em Alagoas na passagem de março para abril. O resultado representa a segunda taxa negativa em 2021: houve queda em janeiro (9,7%) e aumento em fevereiro (3,2%) e março (0,3%). As informações são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada nesta sexta-feira, 11, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na comparação entre abril de 2021 e o mesmo mês do ano anterior, houve crescimento de 27,7% do setor em Alagoas. Nos últimos 12 meses, o recuo verificado no volume de serviços foi de 13,3%.

No Brasil, serviços avançam 0,7% em abril, mas ainda estão abaixo do patamar pré-pandemia. Com isso, o setor recuperou uma pequena parte da queda registrada em março (-3,1%), mas ainda está 1,5% abaixo do patamar de fevereiro do ano passado, período pré-pandemia.

Na comparação com abril de 2020, o volume de serviços avançou 19,8%, segunda taxa positiva seguida e a mais intensa da série histórica, iniciada em janeiro de 2012. No acumulado do ano, o setor cresceu 3,7%, interrompendo três quadrimestres seguidos de taxas negativas. Em 12 meses, ao passar de -8,0% em março para -5,4% em abril, manteve a trajetória ascendente iniciada em fevereiro.

O resultado do setor em abril foi puxado por apenas duas das cinco atividades investigadas: informação e comunicação (2,5%), impulsionada pelos segmentos de tecnologia da informação e telecomunicações; e serviços prestados às famílias (9,3%), liderados, principalmente, pelos restaurantes.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade