Alagoas, 20 de junho de 2021 23º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
PESQUISA

Alagoas lidera crimes de feminicídio no Nordeste e é o quinto no Brasil

Dados foram compilados através das secretarias de Segurança Pública dos 26 estados e do DF

Bruno Fernandes

07/06/2021 15h03 - Atualizado em 07/06/2021 15h03

Taxa de feminicídios no Brasil é a quinta maior do mundo
Fernando Frazão/Agência BrasilTaxa de feminicídios no Brasil é a quinta maior do mundo

Em Alagoas lidera no número de assassinatos de mulheres por crime de feminicídio segundo dados de uma pesquisa divulgada no domingo, 6, pelo jornal Folha de São Paulo, conseguidos através das secretarias de Segurança Pública dos 26 estados e do Distrito Federal.

De acordo com os dados, em Alagoas uma mulher é assassinada por sua condição a cada 100 mil habitantes, fazendo o estado figurar na 5º posição a nível nacional.

Alagoas ficou atrás, apenas, dos estados do Mato Grosso, Roraima, Mato Grosso do Sul e Acre, ficando à frente de todos os outros estados do Nordeste. Com relação aos registros oficiais de feminicídios no Brasil, Alagoas teve 35 mortes de mulheres em 2020, 9 a menos que 2019 e 15 a mais que 2018.

A pesquisa também mostrou que no Brasil no mesmo período do ano passado, 1.338 mulheres foram mortas por sua condição de gênero, assassinatos praticados em sua maioria por companheiros, ex-companheiros ou pretensos companheiros.

Em relação a 2019, houve uma alta de 2%, mas a violência contra as mulheres cresceu em níveis mais alarmantes no Centro-Oeste (14%) e no Norte (37%). Nordeste (+3) e Sudeste (-3) apresentaram pequenas variações. No Sul, houve queda de 14%.Dados Brasil

Dos 13 estados que registraram aumento da violência contra as mulheres em 2020, 12 são do Norte, Centro-Oeste ou Nordeste. Apenas Minas Gerais (alta de 4%) está fora desse grupo.

Entre as unidades da federação onde houve redução dos registros, destaque para Distrito Federal (-47%), Rio Grande do Norte (-38) e Sergipe (-33%). Em relação ao tamanho da população, Ceará e Rio Grande do Norte foram os que tiveram, em 2020, o menor índice de mulheres mortas a cada 100 mil habitantes.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade