Alagoas, 18 de junho de 2021 24º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
NAS BANCAS

Juiz deve ser afastado pela segunda vez por corrupção

Giovanni Jatubá é acusado de fraude contra a Caixa e superfaturar preço de remédios contra o Estado

Redação

07/05/2021 10h10 - Atualizado em 14/05/2021 16h04 - Edição 1117

O magistrado Giovanni Alfredo de Oliveira Jatubá
DivulgaçãoO magistrado Giovanni Alfredo de Oliveira Jatubá

O Pleno do Tribunal de Justiça iniciou na terça-feira, 4, mais um julgamento contra o juiz Giovanni Alfredo de Oliveira Jatubá, que está na iminência de ser afastado pela segunda vez do cargo.

Neste processo, o magistrado é acusado de realizar licitações ilegais no âmbito da 4ª Vara de Arapiraca, onde atua, além de superfaturar a aquisição de remédios cobrados por pacientes ao Estado por meio de ações judiciais. A discussão volta à pauta novamente na próxima semana. 

Até o momento, oito desembargadores foram a favor do afastamento de Giovanni Jatubá em mais um processo de corrupção. A tendência é que a decisão seja por unanimidade. 

O caso veio à tona em 2019, quando uma denúncia chegou até à Corregedoria-Geral da Justiça a partir de representação do procurador de Estado Augusto Galvão.

Leia a atualização do caso na edição do Sururu desta semana

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade