Alagoas, 11 de maio de 2021 24º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
9 DE MAIO

Procon Maceió orienta consumidores para a compra de presentes no Dia das Mães

Pesquisa Dia das Mães 2021 foi realizada entre os dias 26 a 30 de abril

Assessoria Prefeitura de Maceió

03/05/2021 18h06 - Atualizado em 03/05/2021 19h07

Diretor Executivo do Procon Maceió: ” consumidor deve fazer pesquisa de preços”.
DivulgaçãoDiretor Executivo do Procon Maceió: ” consumidor deve fazer pesquisa de preços”.

O Procon Maceió realizou uma pesquisa de preços dos produtos mais consumidos no Dia das Mães. O levantamento constatou que, neste ano, o valor dos serviços está, em média, 40% mais barato do que em 2020. Já os preços dos produtos tiveram um aumento médio de 27%.

Os itens pesquisados fazem parte dos produtos que são preferência para os filhos presentearem as mães, e incluem itens como roupas e acessórios, eletroeletrônicos, cosméticos e serviços ofertados por floriculturas, salões de beleza e restaurantes. Foram visitados nove estabelecimentos comerciais localizados no Centro da Capital e três floriculturas, dois salões de beleza e sete restaurantes em diversos bairros. Acesse a pesquisa aqui.

“O consumidor deve sempre realizar pesquisas de preços dos produtos antes de finalizar a compra, para obter mais economia e evitar gastos excessivos que possam comprometer sua renda mensal”, afirma Leandro Almeida, diretor-executivo do Procon Maceió. Ele ressalta que, em virtude da pandemia de Covid-19, houve um aumento nas compras pela internet. “Assim, independente de qualquer coisa, podem exercer o arrependimento da compra em até sete dias, após o recebimento do produto”, explica.

Leandro enfatiza que é necessário solicitar a nota fiscal na hora da compra. “É importante que os consumidores também verifiquem a política de troca de produtos da loja. E se houver alguma prática abusiva ou dúvidas em relação aos seus direitos, o consumidor pode e deve entrar em contato com o Procon Maceió”, diz.

Diretor Executivo do Procon Maceió: ” consumidor deve fazer pesquisa de preços”.Foto: Procon MaceióA data, celebrada no domingo (9), só perde em volume de vendas no comércio para o Natal.

Atendimentos – Devido à pandemia de Covid-19, o atendimento presencial na sede do Procon Maceió, que fica no Centro da Capital, foi suspenso. O consumidor que tiver denúncias ou reclamações pode entrar em contato pelo telefone 0800 082 4567 ou no WhatsApp (82) 98882-8326. Na sede do Centro Universitário Uninassau, que fica no bairro Farol, o atendimento é realizado pelo telefone (82) 99435-4950.

Na unidade do Procon Maceió, que fica no Centro Universitário Mário Pontes Jucá (antiga FAT), no Barro Duro, o consumidor pode se dirigir ao local e fazer reclamações de forma presencial, de segunda à sexta-feira, das 8h às 13h.

Para formalizar as denúncias é necessário entregar cópias do RG, CPF, comprovante de residência e outros documentos que forem necessários para comprovar as denúncias de abuso aos direitos do consumidor.

Serviço:


Denúncias e Reclamações

Procon Maceió – Rua Pedro Monteiro, 47, Centro. Atendimentos pelo telefone 0800 082 4567 e pelo WhatsApp ( 82) 9 8882-8326.

Procon Maceió (Núcleo Unissau) – Rua José de Alencar, S/N, Farol. Atendimento pelo telefone (82) 99435-4950.

Procon Maceió (Núcleo UMJ – antiga Fat) – Avenida Presidente Roosevelt, 1.200, Barro Duro. (82) 3311- 5634. Atendimento presencial de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h. Levar cópias do RG, CPF, comprovante de residência e outros documentos para comprovar a denúncia.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade