Alagoas, 11 de maio de 2021 24º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
NESTE SÁBADO

Preço médio do gás natural sofre reajuste de 39% em Alagoas

Redação com agência

01/05/2021 08h08

Extração de gás natural - Divulgação
Extração de gás natural - Divulgação

Entra em vigor neste sábado, 1º, o reajuste de 39% no preço do gás natural anunciado pela Petrobras. Segundo a estatal, o percentual de aumento para as distribuidoras medido em US$/MMBtu (milhão por Btu) será de 32%.

O aumento é impulsionado, principalmente, pela valorização do petróleo do mercado internacional e pela desvalorização do real.

Do início de 2019 até janeiro de 2021, o preço do gás natural vendido às distribuidoras teve queda de 10,4%. Esse percentual será engolido pelos 39% do aumento de hoje.

Com esse novo aumento ficará ainda mais distante a promessa do ministro Paulo Guedes (Economia) por ocasião do lançamento do “Novo Mercado de Gás“: 40% de queda em 2 anos.

Os reajustes do gás natural são trimestrais, conforme estipulado nos contratos com as distribuidoras estaduais. A Petrobras considerou o cotação de petróleo e taxa de câmbio de janeiro a março para chegar ao percentual. A commodity teve alta de 38% no período.

Entra no cálculo também o custo do transporte até o ponto de entrega das distribuidoras. Esse gasto é atualizado anualmente em maio pelo IGP-M (Índice Geral de Preços Mercado), que acumulou alta de 31%.

Serão afetadas, principalmente, as indústrias, já que o uso residencial de gás canalizado é pequeno no país –só 8% das casas o composto, segundo mediu o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2019.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade