Alagoas, 11 de maio de 2021 24º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CONSIGNADOS

Prefeita e ex-prefeito de Porto Calvo são acusados de calote na Caixa Econômica

José Fernando Martins

27/04/2021 08h08

Eronita Sposito, prefeita
DivulgaçãoEronita Sposito, prefeita

A prefeita de Porto Calvo Eronita Sposito Leão e Lima e o ex-prefeito David Klevisson da Fonseca Silva Pedrosa tornaram-se alvos de inquérito civil do Ministério Público de Alagoas (MP-AL) que investiga o atraso no repasse à Caixa Econômica Federal (CEF) de valores descontados de servidores públicos municipais a título de empréstimo consignado.

Conforme Diário Oficial do órgão fiscalizador nesta terça-feira, 27, instituição financeira encaminhou o demonstrativo de débitos do Poder Executivo Municipal, englobando os períodos de 12/2020, 01/2021 e 02/2021, período do qual a chefia do Poder Executivo foi exercida por David Klevisson e Eronita Sposito.

Segundo o promotor Carlos Davi Lopes Correia Lima, os servidores públicos municipais estão recebendo avisos de cobranças da CEF, inclusive com ameaça de inclusão de seus nomes nos cadastros restritivos de crédito. 

"O inquérito vai coletar informações sobre atrasos no repasse à CEF descontados no contracheque dos servidores municipais a título de empréstimo consignado, situação que ensejou a incidência de encargos moratórios sobre o montante do débito", explicou Lima por meio de publicação no diário oficial.

 



Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade