Alagoas, 11 de maio de 2021 24º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
OPERAÇÃO SICÁRIOS

Presos suspeitos de executarem empresário Kleber Malaquias

Três pessoas foram presas durante a manhã desta quarta-feira durante operação em Rio Largo

Redação com assessoria

21/04/2021 10h10 - Atualizado em 22/04/2021 12h12

Kleber Malaquias  direita, em vídeo
Foto: ReproduçãoKleber Malaquias direita, em vídeo

A Polícia Civil de Alagoas prendeu três pessoas na manhã desta quarta-feira, 21, durante a "Operação Sicários", deflagrada com o objetivo de capturar os envolvidos na morte do empresário Kleber Malaquias de Oliveira, ocorrido no ano passado, em Rio Largo.

A ação de cumprimento de mandados de prisão temporária foi coordenada pelos delegados Lucimério Campos, da DH de Rio Largo e José Carlos dos Santos, gerente de Estatística e Informação da Polícia Civil.

O empresário foi assassinado a tiros, no dia 15 de julho de 2020, no interior do bar da Buchada, localizado na Avenida Teotônio Vilela, Mata do Rolo, no município de Rio Largo.

Malaquias foi encontrado já sem vida no banheiro do estabelecimento onde ele teria chegado, momentos antes, acompanhado de um homem desconhecido na região.

Malaquias é autor de várias denúncias contra políticos alagoanos, a exemplo dos ex-prefeitos Toninho Lins (Rio Largo) e Cristiano Matheus (Marechal Deodoro) e de integrantes da Justiça estadual.

Quatro pessoas estão presas, sendo três na manhã de hoje, e um já havia sido preso anteriormente, em cumprimento a mandados de prisão temporária, após investigação presidida e representada pela Comissão de Delegados. Uma arma de fogo foi apreendida.

Os presos foram conduzidos para o Complexo de Delegacias, onde funcionam a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e Delegacia de Narcóticos (DNARC), no bairro de Bebedouro, em Maceió, e serão ouvidos pelas autoridades da Polícia Civil, o que deve durar por todo o dia de hoje.

Os delegados explicaram ainda que a operação foi batizada de SICÁRIOS por ser um típico homicídio mercenário, no qual os executores são contratados para matar a vítima por interesses de terceiros.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade