Alagoas, 16 de abril de 2021 24º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
GREVE

Empresas acusam rodoviários de descumprirem decisão judicial e decreto estadual

A greve geral dos rodoviários está prevista para esta sexta-feira

Bruno Fernandes

08/04/2021 12h12

Rodoviários participam de audiência nesta quinta-feira
DivulgaçãoRodoviários participam de audiência nesta quinta-feira

O Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Maceió (Sinturb) acusou nesta quinta-feira, 8, o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários do Estado de Alagoas (Sinttro-AL) de descumprir a sentença judicial, que proíbe greve, piquete ou qualquer tipo de paralisação do transporte urbano de Maceió.

A mobilização desta manhã aconteceu em resposta à intransigência dos empresários em não ceder na negociação de dois pontos essenciais para a categoria, que são a manutenção do plano de saúde e do ticket alimentação.

De acordo com o Sinturb, a greve ocasionou uma "aglomeração de passageiros dos ônibus que foram impedidos de circular, tendo que desembarcar em via pública, ferindo assim o decreto estadual".

"Está previsto na sentença uma multa diária de R$ 50 mil pelo seu descumprimento, e o fato ocorrido hoje será relatado ao desembargador do TRT", informou o sindicato por meio de nota.

O sindicato dos rodoviários denuncia que, apesar das tratativas com as empresas de ônibus, não há avanço na pauta de reivindicação e que as empresas deram início ao processo de demissão em massa de cobradores rodoviários.

A greve geral dos rodoviários está prevista para esta sexta-feira (9). Entretanto, uma audiência será realizada com a intermediação do Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT/AL) para a tarde de hoje, às 14 horas, e pode alterar a decisão dos trabalhadores.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade