Alagoas, 16 de abril de 2021 24º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
TRANSPORTE URBANO

Rodoviários de Maceió anunciam greve a partir da próxima sexta-feira

Tâmara Albuquerque

06/04/2021 08h08 - Atualizado em 06/04/2021 09h09

Rodoviários vão paralisar atividades na próxima sexta-feira
Agência BrasilRodoviários vão paralisar atividades na próxima sexta-feira

Os rodoviários de Maceió desistiram da operação padrão que seria iniciada nesta manhã e teria duração de três dias, na qual os coletivos só sairiam da garagem após o meio-dia. Eles cumprem a determinação da Justiça do Trabalho em Alagoas (TRT-AL), que determinou a suspensão do movimento, considerando a paralisação abusiva. Entretanto, a greve geral da categoria está mantida para a próxima sexta-feira (9), segundo o presidente do sindicato dos rodoviários, Sandro Régis.

O TRT determinou a circulação de 100% da frota de ônibus em Maceió, sob pena de multa diária de R$ 50 mil ao Sindicato e seus dirigentes. A liminar foi concedida pelo desembargador Marcelo Vieira, presidente do órgão, em ação de dissídio coletivo proposta pelo Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município de Maceió (Sinturb/Mac). As empresas alegaram não ter havido o aviso prévio ao empregador com a antecedência de 72horas prevista em lei para atividades essenciais.

Em entrevista a TV Pajuçara, o sindicalista Sandro Régis alertou que a categoria vai paralisar as atividades na sexta-feira. Apenas 30% dos trabalhadores manterão a frota de coletivos funcionando, uma estratégia para avançar na negociação com as empresas sobre as reivindicações. 

Sandro Régis informou que rodoviários estão passando "necessidades", sem recursos para comprar nem mesmo alimentos. A categoria luta pelo pagamento do ticket alimentação e pela manutenção, nos moldes atuais, do plano de saúde. As empresas alegam que sofreram redução de receita no período da pandemia e que não teriam como cumprir as reivindicações. O impasse vem sendo discutido desde março com representante de todos os órgãos envolvidos no segmento. Uma proposta chegou a ser apresentada pelas empresas, mas não foi aceita pelos rodoviários.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade