Alagoas, 28 de janeiro de 2021 24º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
ECONOMIA

Alagoas criou mais de quatro mil vagas de emprego em outubro

Metade desses empregos foram gerados na capital

Bruno Fernandes

26/11/2020 16h04

Carteira de Trabalho
Foto: DivulgaçãoCarteira de Trabalho

Alagoas registrou no mês de outubro um aumento de 4.643 vagas abertas com carteira assinada no mês, resultado de 10.582 admissões e de 5.939 desligamentos. O número representa um crescimento pelo quinto mês consecutivo, segundo dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), divulgados nesta quinta-feira, 26.

O estado segue a tendência nacional. Durante o mesmo mês, foram abertas 394.989 vagas com carteira assinada, este resultado de 1.548.628 admissões e de 1.153.639 desligamentos. De acordo com o Ministério da Economia, este é o melhor resultado não apenas para 2020 como também o melhor da história iniciada em 1992.

Metade desses empregos foram gerados na capital, do resultado de 5.149 admissões e 3.015 desligamentos, o saldo ficou de 2.134. O desempenho foi interpretado pela pasta como uma retomada da economia brasileira após os efeitos econômicos gerados pela pandemia de covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Serviços em alta

Dos cinco grandes grupamentos de atividades econômicas, quatro tiveram saldo positivo no emprego em outubro. O principal foi o setor de serviços, que abriu 156.766 novas vagas. No comércio, foram criados 115.647 postos; na indústria, 86.426; na construção, 36.296.

O mês foi positivo nas cinco regiões do país, com destaque para o Sudeste, onde o saldo ficou em 186.884 postos; e no Sul, com resultado de 92.932. No Nordeste, foram criados 69.519 empregos formais; no Centro-Oeste, 25.024; no Norte, 20.658 vagas.

Também houve saldo positivo em todas as unidades federativas, com destaque para São Paulo (119.261 novas vagas); Minas Gerais (42.124); e Paraná (33.008). Em termos parciais, os estados com maior variação em relação ao estoque do mês anterior foram Santa Catarina, Ceará e Amazonas.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade