Alagoas, 24 de janeiro de 2021 25º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
PÁGINA OFICIAL

Alagoano compra celular no site da Samsung e recebe bobinas no lugar

Relato foi publicado em suas redes sociais; empresa pode ser notificada pelo Procon

Bruno Fernandes

25/11/2020 12h12 - Atualizado em 25/11/2020 15h03

Consumidor recebeu duas bobinas ao invés do smartphone
Josué SeixasConsumidor recebeu duas bobinas ao invés do smartphone

O jornalista Josué Seixas teve uma surpresa nada agradável na noite da última terça-feira, 24, ao abrir uma encomenda que havia comprado no site oficial da fabricante de produtos eletrônicos Samsung.

Imagens publicadas em suas redes sociais mostram que, no lugar de um smartphone, comprado através de um voucher ao comprar outro aparelho, ele recebeu duas bobinas de maquinas de cartão de crédito.

Em uma série de vídeos, Josué relatou que comprou no site oficial da fabricante sul coreana um modelo do aparelho Note 20 Ultra por meio de um plano com sua operadora e recebeu um voucher de R$ 1.000,00.

Por meio deste voucher comprou um Galaxy A51 por cerca de R$ 1.600,00 e pagou a diferença do valor em um cartão de crédito utilizando a plataforma “Samsung Para Você”.

Ao receber a notificação em seu aparelho de que a encomenda foi entregue, a alegria ao chegar em casa deu lugar à decepção.

“Quando eu abri o pacote já percebi que tinha algo errado, pois veio uma caixa do modelo J7, que já é uma linha descontinuada. Quando peguei a caixa na minha mão ela já foi se desfazendo de tão velha que é e dentro só vieram duas 2 bobinas”, relatou Josué.

Após a indesejada surpresa, o consumidor entrou em contato com a loja e enviou algumas fotos de como recebeu a encomenda. O atendimento da plataforma pediu para ele aguardar 10 dias úteis por uma resposta em seu e-mail, o que o deixou ainda mais indignado.

Ao EXTRA, Josué informou que o problema ainda não foi resolvido pela empresa e que o reembolso em seu cartão de crédito utilizado para pagar a diferença também não foi estornado até o momento.

O que diz o Procon

Por meio de nota, o Procon Alagoas informou que é essencial que o consumidor tenha adotado todas as precauções na hora da compra, guardando todos os comprovantes e a nota fiscal, pois isso facilita na apuração do ocorrido e na punição da empresa envolvida.

O órgão confirmou ainda que, se Josué não conseguir resolver, ele pode procurar o Procon para uma nova tentativa de acordo. Neste caso, a empresa será notificada para solucionar o problema do consumidor, sob pena de punição administrativa nos termos do Código de Defesa do Consumidor.

"Caso a empresa insista em persistir no erro, o consumidor será encaminhado ao Judiciário para a devida responsabilização e condenação judicial do fornecedor”, explica.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade