Alagoas, 24 de novembro de 2020 24º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
AFUNDAMENTO DE BAIRROS

Imóveis incluídos na ampliação do Mapa de Setorização começam a ser selados

Braskem confirma ao mercado a inclusão de 2 mil imóveis em Maceió no plano de ressarcimento

Tâmara Albuquerque com Agências

12/10/2020 07h07 - Atualizado em 12/10/2020 08h08

Novo Mapa de setorização, que aponta imóveis em áreas críticas para desabamento, ainda não foi concluído
ReutersNovo Mapa de setorização, que aponta imóveis em áreas críticas para desabamento, ainda não foi concluído

A petroquímica Braskem (BRKM5) confirmou que incluirá mais 2 mil imóveis de Maceió em no plano bilionário de ressarcimento de moradores atingidos por fenômeno de afundamento do solo, resultante da atividade de mineração realizada pela empresa. A estimativa substituiu a anterior, que incluía 800 imóveis adicionais no plano, divulgada em meados de setembro. A previsão é de que a partir de amanhã sejam iniciadas as selagens dos novos imóveis cujos moradores serão relocados. 

Em princípio isso ocorrerá em uma das novas 2 zonas de criticidade criadas no mapa, a (Zona F). Em seguida, a partir do dia 27 deste mês, a selagem será na zona G do novo mapa. 

“Apesar do aumento dos gastos relacionados ao plano pela inclusão de imóveis adicionais, com base nas informações disponíveis até o momento, a companhia não espera alteração nos custos agregados estimados em 3,3 bilhões de reais”, afirmou a Braskem em comunicado ao mercado.

Na última quinta-feira (08), os ministérios Público Federal (MPF) e Estadual (MP/AL), além das defensoria Pública da União (DPU) e Estadual (DPE), formalizaram a inclusão dos novos imóveis apontados na versão 3 do Mapa de Setorização de Danos e Linhas de Ações Prioritárias elaborado pelas Defesas Civis Nacional e do município de Maceió, com apoio da CPRM, divulgado no último dia 30 de setembro. 

Apesar do mapa parcial, as instituições entenderam que há necessidade de antecipar a adoção de medidas de apoio à desocupação da Área Adicional de criticidade para retirada dos seus moradores da situação de risco, enquanto é aguardada a conclusão dos trabalhos das Defesas Civis para atualização completa do Mapa.

Assim, o Programa de Compensação Financeira e Apoio à Realocação passa a conter mais duas zonas. Segundo o Ministério Público Federal A população abrangida pela ampliação do Mapa de Setorização  que vão ingressar no Programa de Compensação Financeira e Apoio à Realocação deve solicitar o ingresso através dos canais digitais de atendimento (0800 006 3029), após a selagem do imóvel e conforme cronograma definido.

Com mais essa ampliação, o Termo de Acordo passaria, segundo o MPF,  a abranger mais de 9 mil imóveis, sendo que, até setembro de 2020, 1663 já haviam firmado acordos individuais com a empresa. A Braskem, no entanto, só teria confirmado ao mercado a ampliação para mais 2 mil imóveis.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade