Alagoas, 24 de outubro de 2020 24º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
URGÊNCIA E EMERGÊNCIA

HGE atende 300 pacientes por dia, em média, durante a pandemia

Tâmara Albuquerque

10/10/2020 17h05

Centro cirúrgico do Hospital Geral do Estado
Thallysson Alves/Assessoria HGECentro cirúrgico do Hospital Geral do Estado

O Hospital Geral do Estado (HGE) tem registrado uma média de 300 pacientes atendidos por dia nas duas últimas semanas, a maioria dos pacientes que dão entrada na unidade é de casos clínicos. Na última quinta-feira, 321 pessoas buscaram atendimento no HGE, sendo que 70% delas com problemas clínicos de saúde, como doenças crônicas que evoluem para o risco de Acidente Vascular Cerebral )AVC), Infarto Agudo do Miocárdio e Hemorragia Digestiva Alta (HDA). Há também um perfil considerável de pacientes com descontrole no nível de glicemia, que evoluem para problemas de vascularização e necessitam de intervenção da cirurgia vascular.

O número de pacientes com patologias crônicas cresceu desde o início da pandemia de coronavírus, quando outros hospitais reduziram leitos, suspenderam consultas e cirurgias para priorizar o atendimento das pessoas com a convid-19.

Na segunda-feira (5) foram atendidos 438 pessoas; na terça, 411; e na quarta-feira 400. Segundo o gerente do HGE, Paulo Teixeira, Na última quinta-feira foram realizadas 14 cirurgias de emergência e 11 eletivas. Foram internados 58 pacientes e realizadas 23 transferências de pacientes para outras unidades de saúde. 

De acordo com a assessoria de Comunicação do HGE, o hospital notificou na quinta-feira 90 acidentes (61 casuais, 19 de trânsito e 10 de trabalho). Foram atendidos, também duas pessoas vítimas de agressões, um ferido por queimadura e um cidadão que atentou contra a própria vida. E quanto aos leitos intermediários exclusivos a pacientes com a Covid-19, 10% esteve ocupado, conforme relatório da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

Uma das preocupações dos profissionais do HGE é com o aumento de pacientes nos finais de semana. De sexta-feira (2) a domingo (4), o HGE atendeu 943 pessoas, incluindo o movimento na Central de Triagem, situada no Ginásio do Sesi. Foram 652 casos clínicos, 266 acidentes, 17 agressões, cinco tentativas de suicídio, dois feridos por queimadura e um socorrido após afogamento. 




Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade