Alagoas, 27 de outubro de 2020 24º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
ALERTA

Rachaduras vão se expandir e podem atingir a Avenida Fernandes Lima

Bruno Fernandes

09/10/2020 12h12 - Atualizado em 09/10/2020 13h01

Especialista alerta para o risco de expansão do afundamento de solo na Avenida Fernandes Lima
Agência AlagoasEspecialista alerta para o risco de expansão do afundamento de solo na Avenida Fernandes Lima

Os danos nas estruturas que atingem imóveis dos bairros do Pinheiro, Mutange, Bebedouro e Bom Parto vão atingir a principal avenida de Maceió, a Fernandes Lima, no bairro do Farol. Para isso acontecer, é apenas uma questão de tempo e não mais de incerteza, de acordo com análise do engenheiro civil e especialista em Geotecnia da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) Abel Galindo Marques.

O alerta foi aceso após a Defesa Civil de Maceió e Defesa Civil Nacional, com o apoio técnico do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), entregarem a última atualização do Mapa de Setoriza ção de Danos e de Linhas de Ações Prioritárias, na semana passada. A atualização, além de trazer a recomendação de realocação de mais 1.706 imóveis que se encontravam em área de monitoramento, também mostra a expansão do problema para outras regiões, se comparado ao primeiro, divulgado em julho de 2019.

O documento foi formulado com base em relatórios apresentados pela própria Braskem. “Se não houver o enchimento com areia ou cascalho de ao menos 75% das minas, a expansão das fissuras vai chegar lentamente na Avenida Fernandes Lima, principalmente próximo ao trecho entre a Rua Miguel Palmeira e a Rua Francisco Amorim, conhecida como Rua do Hapvida”, explica o especialista.

Confira a reportagem na íntegra no EXTRA ALAGOAS nas bancas!

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade