Alagoas, 21 de outubro de 2020 24º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Operação Porta dos Fundos

Advogado e agente de Polícia Penal são presos suspeitos de facilitar entrada de drogas em presídio

Redação

26/09/2020 12h12 - Atualizado em 26/09/2020 15h03

Sede da Dnarc, em Maceió
AssessoriaSede da Dnarc, em Maceió

Policiais da Delegacia de Narcotráfico da Polícia Civil de Alagoas prenderam, no bairro Riacho Doce, em Maceió, um advogado acusado de facilitar a entrada de drogas no presídio Cyridião Durval, destinada a clientes. 

A prisão, realizada ontem e divulgada neste sábado, foi confirmada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Alagoas, que teria sido notificada e estariam acompanhando o caso.

Protegido pelo sigilo ético, o nome do advogado acusado no crime de tráfico não foi revelado. A polícia teria encaminhado o acusado para a Academia de Polícia Militar, onde ficará preso à espera do andamento do processo. No momento da prisão, o advogado acusado no crime estaria na companhia de outras seis pessoas, que também foram autuadas por tráfico.

As informações sobre a prisão ainda são incipientes. Os policiais também teriam autuado outro advogado e um agente de Polícia Penal pelos mesmos crime. Contra os dois haviam mandados de prisão preventiva expedidos pelo juiz José Manso Neto. 

Junto com o advogado, os policiais apreenderam sacos plásticos contendo drogas.

A Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas (OAB/AL) informou que foi notificada da prisão do advogado e acrescentou que membros da Diretoria de Prerrogativas e da Comissão do Advogado Criminalista estão acompanhando os procedimentos na Polícia Civil.

DNARC

A assessoria de comunicação da Polícia Civil de Alagoas confirmou agora à tarde a prisão de um agente de Polícia Penal e do advogado na operação Portas dos Fundos, sob o comando dos delegados Marcos Lins e Fabricio Lima. 

Os dois suspeitos foram presos em cumprimento a mandados de prisão preventiva expedidos pelo Poder Judiciário alagoano.

De acordo com a Delegacia de Narcótico (DNARC), o advogado também foi autuado em flagrante delito por tráfico de drogas, haja vista o mesmo ter sido flagrado com uma sacola do tipo ziplock contendo maconha, no momento de sua abordagem.

“No curso da operação também foram autuadas mais seis pessoas, sendo uma delas outro advogado, por uso de drogas. Estando os autuados cometendo os crimes previsto nos Arts. 33 e 28 da Lei de Drogas. Aos mesmos foram dadas voz de prisão e logo em seguida encaminhados à sede da DNARC, no bairro da Chã de Bebedouro, para os procedimentos previstos no Auto de Prisão em Flagrante (APF) e Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO)”, concluiu o chefe de Operações da DNARC.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade