Alagoas, 07 de agosto de 2020 23º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
ECONOMIA

Agência de classificação de risco rebaixa grau de 'bom pagador' da Braskem

The Cap

03/07/2020 16h04 - Atualizado em 03/07/2020 16h04

Braskem em Maceió
Reprodução GoogleBraskem em Maceió

A Braskem informou nesta sexta-feira, 3, através de comunicado ao mercado, que a agência de classificação de risco Fitch Ratings alterou o nível de risco em escala global da Companhia para BB+, com perspectiva estável.

Conforme já divulgado ao mercado, a Braskem destaca que, apesar do cenário adverso resultante do ciclo e da pandemia, mantém sólida posição de caixa e o perfil de endividamento bastante alongado.

O prazo médio de vencimento das suas dívidas ao final do primeiro trimestre de 2020 era de 16,4 anos, sendo aproximadamente 50% delas concentradas após 2030.

Na visão da Braskem, nossa estrutura de capital aliada às medidas em curso implementadas pela Companhia e à sua liderança de mercado justificariam a manutenção do grau de investimento.

Por fim, a Companhia reforça o seu compromisso com a manutenção da sua posição de liquidez e disciplina de custos e na continuidade da implementação de medidas para redução da sua alavancagem corporativa para retornar ao nível de risco de grau de investimento.

O resultado da Braskem (BRKM5) no primeiro trimestre de 2020 (1t20), divulgado no dia 03 de junho, apresentou um prejuízo líquido de R$ 4,1 bilhões, queda de 400,3% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da Braskem atingiu R$ 1,3 bilhões no 1t20, apresentando retração de 54,6% na comparação com o 1t19. A margem ebitda foi de 10,70%, uma retração de 12,2 p.p quando comparado ao 1t19.

Já a margem líquida da Braskem atingiu -32,2% no 1t20, apresentando retração de -42,6 p.p. na comparação com o 1t19.

As ações da Braskem (BRKM3) acumulam alta de 3,88% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 23,78% nos últimos 12 meses.

As ações da Braskem (BRKM5) acumulam queda de 1,43% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 31,29% nos últimos 12 meses.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade