Alagoas, 12 de julho de 2020 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
ESTUPRO NO FAROL

Exame feito em casaco confirma que sangue e sêmen são de suspeito preso

Material é compatível com acusado de estuprar uma mulher dentro de uma empresa

Bruno Fernandes com PC

30/06/2020 15h03

Suspeito de estuprar funcionária dentro de empresa é preso
ReproduçãoSuspeito de estuprar funcionária dentro de empresa é preso

O exame de DNA feito com o material genético encontrado no casaco de uma mulher vítima de estupro, no bairro do Farol, é 100% compatível com o do suspeito preso pela polícia no dia 9 de junho, segundo informações do Instituto de Criminalística divulgadas nesta terça-feira, 30.

O casaco da vítima foi apreendido ainda na cena do crime e, de acordo com a mesma, a vestimenta estaria suja de esperma do autor do crime de 39 anos.

De acordo com o delegado Thiago Prado, a prova elaborada pelo IC contribuiu muito com a conclusão do inquérito policial e irá robustecer ainda mais a tese da condenação do suspeito na Justiça.

O suspeito segue detido no Sistema Prisional e pode ser punido com uma pena de até 20 anos de prisão.

O caso

De acordo com informações da Polícia Civil, a vítima relatou que foi abordada quando entrava no seu local de trabalho e que o autor do crime utilizava uma faca peixeira. O infrator praticou violência sexual, subtraiu objetos da loja e saiu em fuga.

Depois de preso, no dia 9 de junho, o infrator foi conduzido para a Delegacia de Roubos, no bairro de Mangabeiras, e autuado em flagrante delito pelos crimes de roubo majorado, pelo uso de arma branca e estupro, que é considerado crime hediondo.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade