Alagoas, 06 de julho de 2020 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
PANDEMIA

Alagoas registra mais de 13 mil casos e 531 mortes por Covid-19

Redação com assessoria

04/06/2020 17h05 - Atualizado em 05/06/2020 03h03

Covid-19 em números
DivulgaçãoCovid-19 em números

O boletim epidemiológico desta quinta-feira, 4, registrou mais 689 casos e 25 mortes por Covid-19 em Alagoas. Dessa forma, o estado tem um total de 13.096 casos confirmados e 531 óbitos, até o momento.

Dos infectados, 4.325 estão em isolamento domiciliar e 362 internados em leitos públicos e privados. 

Outros 7.876 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Ainda há 1.605 casos em investigação laboratorial.

Últimas 24 horas 

Mais 25 mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus. Entre as 18 vítimas que residiam em Maceió, 12 eram homens e tinham idades de 69, 77, 73, 65, 80, 56, 72, 74, 90, 63, 72 e 04 anos; e seis eram mulheres, com idades de 90, 53, 62, 83, 83 e 55 anos.

O homem de 69 anos tinha doenças renais crônicas e faleceu no Hospital do Coração; o homem de 77 anos era hipertenso e faleceu na Unimed; a vítima de 73 anos tinha doença renal crônica e faleceu no Hospital Geral do Estado (HGE); o homem de 65 anos era diabético e hipertenso e faleceu na UPA Tabuleiro; a vítima de 80 anos era diabético e hipertenso e faleceu na Santa Casa de Maceió; o homem de 56 anos não tinha registros de comorbidades e faleceu no Hospital Universitário; o homem de 72 anos era hipertenso e tabagista e faleceu no Hospital Universitário; o homem de 74 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu na Santa Casa de Maceió; o homem de 90 anos tinha doença pulmonar obstrutiva crônica e faleceu no Hospital Medradius; o homem de 63 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 72 anos era diabético e faleceu na UPA Tabuleiro; e a vítima de 4 anos não tinha comorbidades e faleceu no HGE.

A mulher de 90 anos era diabética, hipertensa e tinha Alzheimer, e faleceu no Hospital Metropolitano; a mulher de 53 anos tinha linfoma e faleceu na Medradius; a vítima de 62 anos era diabética e hipertensa e faleceu no Hospital da Mulher; a vítima de 83 anos era diabética e hipertensa e faleceu em sua residência; a mulher de 83 anos tinha seqüelas de acidente vascular encefálico e faleceu no Hospital Unimed; e a mulher de 55 anos era diabética e hipertensa e faleceu na Santa Casa de Maceió.

Mais sete vítimas da Covid-19 residiam no interior do Estado. Residente em Igreja Nova, o homem de 63 anos era hipertenso e tinha doença cardiovascular crônica e faleceu no HGE; o homem que morava em Coqueiro Seco, tinha 56 anos, não tinha registro de comorbidades e faleceu na Unimed; o homem de 76 anos, de São Miguel dos Campos, não tinha registro de comorbidades e faleceu na UPA São Miguel dos Campos; e o homem de 72 anos, que morava em Colônia Leopoldina, tinha doença renal crônica e faleceu no Hospital Sanatório.

A mulher de 50 anos, que residia em Colônia Leopoldina, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Daniel Houly; uma mulher de 74 anos, de Marechal Deodoro, não tinha registro de comorbidades e faleceu no HGE; a uma vítima de 55 anos era hipertensa, residia em Pilar e faleceu na UPA Trapiche.

Leitos de Covid-19 

Dos 1.051 leitos criados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) para atender, exclusivamente, pacientes com suspeita e confirmação de infecção pelo novo coronavírus, 683 estavam ocupados até as 11h desta quinta-feira (04/05), o que corresponde a 65% do total – 169 pacientes estão em leitos de UTI, 13 em leitos intermediários e 501 em enfermaria. Para acompanhar a evolução da ocupação dos leitos exclusivos para Covid-19, clique aqui.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade