Alagoas, 02 de abril de 2020 26º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
MARÉ CHEIA

Família de turistas morre afogada em Maragogi

Sofia Sepreny

23/03/2020 10h10 - Atualizado em 23/03/2020 15h03

Praia em Maragogi
DivulgaçãoPraia em Maragogi

Três pessoas de uma mesma família morreram afogadas na praia de Maragogi, no Litoral Norte de Alagoas, no domingo, 22. 

O corpo do homem e da criança foram encontrados na manhã de hoje, 23, na praia. Já o corpo da mulher ainda não foi encontrado. As buscas continuam.

De acordo com informações da prefeitura local, um casal de turistas e a filha de aproximadamente 3 anos estavam desaparecidos desde ontem. 

Eles estavam no município aguardando a confirmação do voo para retornar para São Paulo quando decidiram ir para a praia. 

Com a maré baixa, eles seguiram caminhando até o banco de corais e na volta foram surpreendidos com a subida repentina da maré. Nenhum deles teve a identidade revelada.

O prefeito da cidade Sérgio Lira declarou que ainda existem muitos turistas na cidade e que foi solicitado para os hotéis e pousadas que todos sejam encaminhados para o aeroporto de Recife, para que eles retornem ao seu destino de origem.

Nota

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente emitiu nota lamentando o ocorrido. 

"A secretaria tem o doloroso dever de comunicar que no dia de hoje três pessoas faleceram afogadas na praia do Distrito de Barra Grande, no local conhecido como 'Caminho de Moisés', sendo um casal e uma criança. É do conhecimento de todos que esta Secretaria de Meio Ambiente afixou por inúmeras vezes placas informativas, alertando sobre os riscos de afogamento, em virtude da rápida subida da maré, mas marginais de forma sistemática e irresponsável vêm furtando-as, deixando os visitantes desinformados e entregues à própria sorte", diz a nota. 

O secretário da pasta alega ainda que irá proceder com fixação de novas placas para informar a população."E contamos com a colaboração de todos para que as mesmas não sejam retiradas e, se o forem, que possamos identificar os idiotas que as estão retirando e com isso poder levá-los a responder pelo crime perante a justiça. Hoje mais três vítimas inocentes pagaram com as suas vidas pela falta de consciência e civilidade de pessoas desprovidas de qualquer senso de responsabilidade para com o seu semelhante, esperamos que consigamos dar um basta definitivo a tal repugnante comportamento".


Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade