Alagoas, 10 de dezembro de 2019 24º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
MORADOR DE RUA

Filho confessa ter matado a pedradas pai que estava dormindo

Pai e filho são suspeitos de matar morador de rua a pauladas em setembro

Bruno Fernandes

02/12/2019 16h04

Vítima estaria dormindo quando foi atacada
Pâmela de OliveiraVítima estaria dormindo quando foi atacada

O próprio filho foi responsável por matar com pedradas na cabeça o morador de rua Cristiano Henrique Santana da Silva, 35, encontrado morto em frente a um edifício empresarial no Centro de Maceió, na última sexta-feira, 29.

Um menor de 15 anos, que se apresentou à polícia nesta segunda-feira, 02, confessou ter assassinado o pai. O motivo, segundo a delegada Rosimeire Vieira, responsável pelo caso, seria a violência constante cometida por Cristiano.

Cristiano Henrique dormia próximo a porta de entrada do prédio quando foi surpreendido pelo filho, que o atacou com uma pedrada na cabeça.

A vítima, de acordo com informações de testemunhas, era homossexual e cuidava de carros na região junto com o filho de 15 anos. O caso será encaminhado para a Vara de Infância onde será decidido se o assassino confesso será encaminhado para a unidade de internação.

Em setembro deste ano, Cristiano Henrique e o filho foram detidos como principais suspeitos da morte de Rubinaldo Pereira Alves, 42, morador de rua assassinado com pauladas na cabeça, na Praça Sinimbu, em Maceió.

De acordo com informações da Polícia, Rubinaldo Pereira Alves, 42, foi assassinado a pauladas e morreu antes da chegada do socorro.

Os suspeitos de serem os autores do crime foram presos em flagrante no local pela equipe da Radiopatrulha, que atendeu à ocorrência.

Tanto a vítima, quanto os autores do assassinato utilizavam o abrigo Casa de Ranquines, mantido pela Igreja Católica, para dormir. O motivo seria um desentendimento entre Rubinaldo e os agressores..

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade