Alagoas, 13 de dezembro de 2019 24º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CASO PINHEIRO

'Solução para bairros está longe de ser encontrada', diz Rodrigo Cunha

Sofia Sepreny

22/11/2019 11h11 - Atualizado em 22/11/2019 12h12

Rodrigo Cunha durante convenção do PSDB
Sofia SeprenyRodrigo Cunha durante convenção do PSDB

"Indenizar as pessoas é o mínimo que a Braskem pode fazer", disse o senador Rodrigo Cunha (PSDB), durante convenção do partido, em Maceió, na manhã desta sexta-feira, 22. 

Para o parlamentar, a tragédia psicológica entres os moradores - causada pelos danos da mineração da sal-gema - já foi concretizada: "Mas, a tragédia física pode ser evitada porque pessoas estão em área de alto risco". 

Disse também que solução para o Caso Pinheiro está longe de ser encontrada. "É uma área muito grande e sem a certeza de quantas pessoas vão poder voltar às suas casas", disse.

O senador enfatizou que a Braskem deve assumir sua culpa pelo afundamento do Pinheiro, Mutange e Bebedouro e fazer com que os prejudicados enxerguem uma "luz ao fim do túnel". 

Ainda segundo o senador, a Braskem, hoje, é vista como um exemplo negativo de empresa. "Buscou apenas o lucro e, dessa forma, desestabilizou a sociedade. Mas, isso é algo que pode ser revertido. Só depende dela mesma". 

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade