Alagoas, 19 de novembro de 2019 24º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
GANÂNCIA

Tabelião mais rico de Alagoas é acusado de grilagem na Bahia

João Toledo e Stelio Albuquerque são denunciados por invasões de terras no oeste baiano

José Fernando Martins

08/11/2019 08h08

O responsável substituto pelo Cartório de 1º Registro de Imóveis de Maceió, João Toledo de Albuquerque
TJ-ALO responsável substituto pelo Cartório de 1º Registro de Imóveis de Maceió, João Toledo de Albuquerque

“Alagoano”. É assim que o responsável substituto pelo Cartório de 1º Registro de Imóveis de Maceió, João Toledo de Albuquerque, é conhecido no Oeste da Bahia. 

Ele e o pai, proprietário do cartório Stélio Darci Cerqueira de Albuquerque, possuem uma fazenda no município de Formosa do Rio Preto (BA) dedicada à produção de soja. 

Lá, João Toledo de Albuquerque, irmão do deputado federal por Alagoas Sérgio Toledo (PL), é temido por supostamente ser chefe de uma milícia que causaria pânico na região. 

E em outubro deste ano, João Toledo foi acusado de ter invadido as terras de José Valter Dias, Paulo Mizoto e Luiz Cardi, empresários do agronegócio.

O caso rendeu formalização de boletim de ocorrência, abertura de inquérito e mandado de busca e apreensão.

Leia mais no EXTRA ALAGOAS nas bancas!

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade