Alagoas, 17 de outubro de 2019 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
AMEAÇA

Resíduos de petróleo chegam à foz do São Francisco

Órgãos ambientais usarão barreiras de contenção para impedir contaminação do rio

Tamara Albuquerque

10/10/2019 07h07

Mancha de petróleo na Praia do Pontal do Peba, vizinho à foz do rio São Francisco
CBHSFMancha de petróleo na Praia do Pontal do Peba, vizinho à foz do rio São Francisco

O desastre ambiental que afeta as prais do litoral nordestino chegou, ontem, à foz do Rio São Francisco. Resíduos do petróleo cru, altamente tóxico, foram encontrados na areia da praia de Piaçabuçu, uma das mais belas do litoral Sul do estado e que faz limite com o rio.

O material, segundo Anivaldo Miranda, presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, ainda não caracteriza ameaça ao ecossistema do rio porque tem volume pequeno. Mas, medidas para impedir que a poluição entre nas águas doces serão adotas com urgência.

Ontem mesmo a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar) anunciou que será realizado um trabalho de contenção do óleo na foz do São Francisco, utilizando barreiras cedidas pela Transpetro.

A contaminação das águas do São Francisco com óleo era uma preocupação dos órgãos ambientais do Estado. 

"A situação é preocupante, visto que a foz do Rio São Francisco e sua região estuarina configuram um ecossistema de alto valor para a reprodução das espécies fluviais e marinhas. A região tem também um banco de camarão importantíssimo, além de ser área de desova de tartarugas e ter uma coleção de manguezais. Estamos acompanhando a situação com atenção e cuidado para tomar as medidas necessárias junto aos órgãos de controle ambiental”, enfatiza o Comitê em sua página virtual.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade