Alagoas, 23 de setembro de 2019 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Caso pinheiro

Moradores pedem pagamento de indenizações e aluguel social

Redação

22/08/2019 11h11 - Atualizado em 23/08/2019 13h01

Bairro do Pinheiro
Marco Antonio/Secom MaceióBairro do Pinheiro

Moradores do bairros Pinheiro, Mutange e Bebedouro realizam nesta sexta-feira, 23, um protesto para cobrar o pagamento de indenizações e do aluguel social para as famílias que ainda não recebem o benefício.

O manifesto irá bloquear parte da Avenida Fernandes Lima na capital. 

Representantes da Federação de Moradores e Entidades Comunitárias de Alagoas (Famecal) decidiram, após reunião com o Gerenciamento de Crises da Polícia Militar, que o protesto vai se concentrar no canteiro central da avenida, das 17h30 às 20h.

Apenas uma faixa será utilizada para o protesto. Porém, o ato, que deve gerar caos no tráfego de veículos, será acompanhado por agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) e da Força-Tática.

Serão cinco pontos de encontro espalhados pelos bairros envolvidos e a maior concentração será na Avenida Fernandes Lima.

A população desses bairros foi prejudicada pela mineração do sal-gema realizada pela Braskem. A exploração tornou o solo instável afetando o solo da região e casas, prédios e vias estão afundando. 

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade