Alagoas, 23 de setembro de 2019 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
VELHO CHICO

Análises comprovam melhoria da qualidade da água de consumo humano em Alagoas

Assessoria

15/08/2019 14h02 - Atualizado em 15/08/2019 14h02

Foram coletadas 41 amostras de água em sete municípios alagoanos que fazem parte da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco
Jonathan LinsForam coletadas 41 amostras de água em sete municípios alagoanos que fazem parte da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco

Após coletar 41 amostras de água em sete municípios alagoanos que fazem parte da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, a 10° etapa da FPI celebra a melhoria da qualidade da água para consumo humano em cinco das localidades visitadas: Palmeira dos Índios, Belo Monte, Major Izidoro, Cacimbinhas e Batalha.

A coordenadora da equipe Recursos Hídricos da FPI, Elisabeth Rocha, - que também exerce o cargo de gerente de Vigilância e Saúde Ambiental da Secretaria Estadual de Saúde de Alagoas (Sesau/AL) -, enaltece a melhoria da qualidade e chama a atenção para as reformas implementadas nas estações de tratamento das sedes municipais.

Ela ressalta, porém, a necessidade dos gestores darem uma atenção especial aos povoados que não têm acesso à rede de água tratada e que, por isso, continuam recebendo água bruta direto de barragens. "Os gestores serão alertados sobre a necessidade de adequações", frisou Elisabeth Rocha.

De acordo com o farmacêutico-químico da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) - órgão que também compõe a força-tarefa da FP -, Tadeu Barbosa, as conclusões das análises comprovam que, proporcionalmente, em relação à FPI ocorrida em 2015, em que os municípios mencionados foram fiscalizados, a qualidade da água consumida melhorou em praticamente todos eles.

De forma genérica, os resultados dos estudos bacteriológicos realizados nessa FPI - concluídos nessa quarta, 14 - confirmaram uma melhoria significativa na qualidade da água ofertada para consumo humano.

"Isso comprova que as ações educativas estabelecidas pela FPI geraram compromisso e comprometimento por parte dos gestores", declarou o procurador de Justiça, Alberto Fonseca.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade