Alagoas, 18 de novembro de 2019 24º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
AUDIÊNCIA

Funcionários suspendem greve e ônibus da Veleiro voltam a circular em Maceió

Bruno Fernandes

12/08/2019 17h05 - Atualizado em 12/08/2019 17h05

Ônibus da Veleiro
Bruno FernandesÔnibus da Veleiro

Os ônibus da Auto Viação Veleiro voltaram às atividades no final da tarde desta segunda-feira, 12, após audiência realizada no Ministério Público do Trabalho (MPT), no bairro da Mangabeiras, em Maceió.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário de Alagoas (Sinttro), os cerca de 600 funcionários decidiram voltar ao trabalho após a marcação de uma nova audiência no MPT. Desde quinta-feira, 8, 15 linhas estavam paralisadas.

A nova reunião marcada para o próximo dia 19 deve contar com a presença de todos os que fazem o transporte na capital. Desde a última quinta, os rodoviários suspenderam o serviço na empresa devido ao não pagamento do salário, que deveria ser realizado até o quinto dia útil do mês.

Na última quinta, 80 ônibus que atendem bairros de Maceió e o município de Rio Largo, não saíram da garagem. Além do salário, os funcionários também exigiam pagamento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e encargos sociais.

Em nota ao EXTRA, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) informou que está aberta ao diálogo e esclarece que segue trabalhando para que os passageiros dos bairros que são atendidos pela Veleiro não fiquem desassistidos.

O órgão reforça que outras linhas de ônibus que atendem essas regiões foram reforçadas durante a paralisação de acordo com as necessidades das demandas para garantir o direito de ir e vir dos usuários do Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (SIMM).

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade