Alagoas, 18 de outubro de 2019 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CRIME

Irmãos que vendiam eletrônicos ilegais se entregam ao Gaesf

Redação

10/07/2019 13h01 - Atualizado em 10/07/2019 13h01

Diversos aparelhos Iphones foram apreendidos em operação
Assessoria MPEDiversos aparelhos Iphones foram apreendidos em operação

Os irmãos Hugo Acioly e Igor Acioly, acusados de sonegação fiscal, que foram alvos de mandados da Operação Fruto Proibido se entregaram nesta quarta-feira, 10, na sede do Grupo de Atuação Especial em Sonegação Fiscal e aos Crimes Contra a Ordem Tributária, Econômica e Conexos (Gaesf), em Maceió.

Eles são proprietários das lojas Maceió Import e True Care, que faziam a venda de aparelhos celulares ilegais e sem nota fiscal. Hugo tomava conta dos negócios, já Igor auxiliava na comercialização e na entrega dos produtos.

Até o momento, a operação contabilizou 16 presos. Os acusados de participar do esquema Daiane Martins e Amerison Souza estão foragidos.

Segundo o promotor Cyro Blatter, o prejuízo aos cofres públicos desta venda ilegal de eletrônicos foi aproximadamente de R$ 10 milhões.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade