Alagoas, 18 de outubro de 2019 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
RIO GRANDE DO NORTE

Alagoanos presos suspeitos de atuarem em grupo de extermínio

Com OP9

10/07/2019 10h10

Polícia Civil prende dois suspeitos de integrarem grupo de extermínio com atuação em Ceará-Mirim
Foto: CortesiaPolícia Civil prende dois suspeitos de integrarem grupo de extermínio com atuação em Ceará-Mirim

Dois homens foram presos na terça-feira, 9, suspeitos de integrarem grupo de extermínio com atuação em Ceará-Mirim, Região Metropolitana de Natal. 

Marcelo Silva de Menezes, 33 anos, e Noe Lima da Silva, 44, foram presos por policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), com apoio de policiais civis da 1ª Delegacia Regional de São Paulo do Potengi.

A dupla é natural da cidade de Inhapi. A prisão aconteceu no município de Santa Maria. Com os suspeitos, foram apreendidos dois revólveres calibre 38, ambos municiados, além de um colete balístico e três motocicletas. De acordo com os policiais, uma das armas apreendidas pertence à Polícia Militar do Rio Grande do Norte.

A prisão ocorreu após uma denúncia anônima informando que dois “alagoanos” envolvidos com “milícia privada armada” estariam escondidos na cidade de Santa Maria/RN, planejando nova ação criminosa naquele município. Diante das informações, os policiais foram até o local indicado, onde efetuaram a prisão dos suspeitos.

Segundo os policiais, Marcelo Silva de Menezes é investigado em cerca de dez inquéritos policiais, referentes a crimes de homicídios ocorridos no município de Ceará-Mirim. Contra ele existiam em aberto três mandados de prisão expedidos pela Justiça.

Marcelo Silva e Noe Lima foram autuados pelo crime de posse ilegal de arma de fogo, receptação e constituição de milícia privada. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade