Alagoas, 22 de outubro de 2019 23º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CASO PINHEIRO

Suposto novo tremor de terra assusta moradores

Redação

04/07/2019 14h02 - Atualizado em 04/07/2019 15h03

Bairro do Pinheiro
Secom MaceióBairro do Pinheiro

Moradores do Pinheiro, Mutange e Bebedouro, bairros que sofrem com instabilidade do solo, relataram, no início da tarde desta quinta-feira, 4, um suposto novo tremor de terra.

Um das lideranças do grupo SOS Pinheiro, Geraldo Castro, informou ao EXTRA que diversas pessoas chegaram a sair de suas casas preocupadas.

"O tremor aconteceu atrás do HapVida chegando a quebrar vidraças. O pessoal me ligou preocupado contando o que aconteceu", disse. 

Outros moradores, no entanto, afirmaram não sentir nenhum o tremor e que na localidade estava tudo normal.

Relator substituto da Comissão Especial de Inquérito (CEI) que busca esclarecimentos e soluções para os problemas que atingem o bairro do Pinheiro, o vereador Chico Filho (Progressistas) informou que um morador do Mutange também teria registrado o fenômeno. 

Uma das hipóteses para o tremor seria o fato da Braskem estar usando um compactador perto da Lagoa do Mundaú, o que seria normal devido ao tamanho da máquina. 

Segundo o Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, não houve nenhum registro de abalo sísmico na região de Maceió.

Nota da Braskem

A Braskem reitera que não há atividade de extração de sal-gema na região do Pinheiro, Mutange e Bebedouro. Ao que tudo indica, a vibração do solo registrada em uma localidade do Mutange foi causada durante a passagem de uma máquina de rolo compactador, utilizada para nivelar o terreno e garantir o acesso das máquinas de sondagem às minas da Braskem.

Esta leve vibração ocorreria em qualquer outro local e não representa riscos para a comunidade. A Braskem reforça que este trabalho é necessário para a conclusão dos estudos de sonar, considerados fundamentais para esclarecer as causas dos problemas registrados na região do Pinheiro.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade