Alagoas, 17 de setembro de 2019 23º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
BAIRROS AFUNDANDO

Moradores do Mutange e Bebedouro não recebem apoio da Prefeitura

Realocação e inclusão no aluguel social dependem da União, segundo governo

Bruno Fernandes

16/06/2019 08h08 - Atualizado em 16/06/2019 18h06

Moradores do bairro do Mutange também estão sendo atingidos
Afrânio BastosMoradores do bairro do Mutange também estão sendo atingidos

Moradores dos bairros do Mutange e Bebedouro que também sofrem com o afundamento do solo causado pela extração de sal-gema, pela petroquímica Braskem, continuam sendo ofuscados pelos holofotes direcionados para o bairro do Pinheiro. Com localidades caracterizadas como críticas, especialmente as regiões conhecidas como Gruta do Padre e Jardim Alagoas, no Mutange, e Cardoso, em Bebedouro, situadas no “Setor 1.01” do Mapa de Setorização de Danos e de Linhas de Ações Prioritárias, os moradores denunciam que estão sem apoio dos órgãos públicos competentes.

Documento divulgado pela Defesa Civil Nacional e da Defesa Civil de Maceió na última semana, revelou recomendações sobre o que deve ser feito, como: monitoramento, alerta, alarme e realocação de moradores, porém, passados sete dias nada foi feito até o momento, muito menos repassadas informações sobre a possível realocação, algo prometido há vários anos, visto que a região de encosta é caracterizada como área de risco, revelou ao EXTRA o presidente da Associação dos Moradores do Mutange, Arnaldo Manuel.

Leia mais no Jornal Extra de Alagoas nas bancas

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade