Alagoas, 17 de junho de 2019 24º min 25º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
ABUSO DE PODER

Prefeito é acusado de "manipular" judiciário de Rio Largo

Redação

20/05/2019 19h07

Prefeito é acusado de "manipular" judiciário de Rio Largo
Foto: Cortesia

Foi protocolada nesta segunda-feira, 20, no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) lista de denúncias contra o prefeito de Rio Largo, Gilberto Gonçalves (PP).

Segundo o documento, obtido com exclusividade pelo EXTRA, o município tem sofrido atraso econômico, uma vez que empresas estariam pensando em fechar suas portas.

O motivo seria a perseguição do atual gestor. "Tem criado leis absurdas com o único intuito de arrecadar o máximo de impostos a qualquer custo", destaca a denúncia.

Um dos exemplos seria a taxa de iluminação pública. Munícipes teriam que pagar R$ 400 reais. Já o valor de pessoas físicas é superior a R$ 1000.

Outra denúncia seria que o prefeito Gilberto Gonçalves teria 24 funcionários, pagos pelo Município, trabalhando no Fórum de Rio Largo.

Conforme os denunciantes Alex Fernandes dos Santos, Marivaldo Fragoso da Silva e Helder Cavalcante de Moura, a estratégia "calaria" processos contra as irregularidades na prefeitura.

A representação contra Gilberto Gonçalves também foi protocolada na Polícia Federal, Ministério da Justiça e Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir 15k
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade