Alagoas, 19 de maio de 2019 24º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
lava jato

Delator dá detalhes sobre entrega de propina para Calheiros

Com Band

07/03/2019 07h07

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em delação premiada, um dos homens que trabalharam para o doleiro Alberto Youssef deu detalhes sobre a entrega de R$500 mil em propina ao senador de Alagoas Renan Calheiros (MDB).

Segundo reportagem exibida pela BandNews na quarta-feira, 6, Carlos Alexandre Souza Rocha, conhecido como Ceará, informou às autoridades que o pagamento foi feito em dezembro de 2013 em um hotel localizado na capital alagoana. 

O dinheiro fazia parte de um acordo para evitar a instalação de uma CPI sobre a Petrobras. 

Milton Lyra, apontado como operador do MDB, está solto por decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, foi quem teria recebido a propina. 

As notas foram contadas, segundo Ceará, dentro de uma construtora vinculada a Renan Calheiros, que sempre negou as acusações. Entre 2009 e 2014, o senador teria recebido cerca de R$ 2 milhões. 

Amigo de Ceará, Ivo Queiroz Costa Filho ficou responsável por levar o dinheiro, obtido com o empresário Francisco Hermano Pereira Lemke, até o operador Milton Lyra. 

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir 14.3k
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade