Alagoas, 18 de abril de 2019 24º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
BRANQUINHA

Jovem agredido por guardas foi vítima do tráfico, diz delegado

Bruno Fernandes

10/02/2019 07h07

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Dois adolescentes apreendidos pela polícia confirmaram que o jovem  Wanderson Alves dos Santos, 18, foi morto a mando de traficantes de Maceió que atuam no interior.

De acordo com o relato da dupla, Wanderson, que foi flagrado em um vídeo sendo agredido por guardas municipais  era ligado ao tráfico e vendia drogas na região.

No dia em que foi preso, teria ido efetuar uma cobrança e como não recebeu teria se envolvido numa confusão. 

Segundo informações do delegado Sidney Tenórnio, os responsáveis pelo crime teriam saído de Maceió e ido até Branquinha para executar a vítima. A investigação sobre o caso continua. 

Os guardas municipais, Jaelson Ferreira da Silva e Carlos Roberto da Silva, antes considerados os principais suspeitos não irão mais responder por assassinato.

Os agentes presos, na última quinta-feira por determinação da Justiça, irão responder por agressão, porte ilegal de arma e fraude processual, já que indicaram uma falsa testemunha.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir 13.4k
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade