Alagoas, 16 de junho de 2019 24º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
exonerados

Mellina Freitas e Fernando Pereira deixam secretarias

Redação

05/01/2019 06h06

A ex-secretária de Estado de Cultura, Mellina Freitas - Foto: Divulgação
A ex-secretária de Estado de Cultura, Mellina Freitas - Foto: Divulgação

A secretária de Estado de Cultura (Secult), Mellina Freitas, e o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social (Seades), Fernando Pereira (foto abaixo), foram exonerados pelo governador Renan Filho (MDB).

A decisão do chefe do Executivo foi publicada em suplemento do Diário Oficial do Estado (DOE/AL), que saiu na noite de sexta-feira, 4. 

Quem irá assumir a Seades, conforme já especificado no DOE, é Edenilsa Maria Chagas de Lima. E, por enquanto, o cargo de secretário de Cultura está vago. 

Também na sexta-feira, Filho exonerou o vereador Galba Neto, que estava à frente do Procon Alagoas, e Gustavo Lopes, que era superintendente do Instituto do Meio Ambiente (IMA).

O advogado Carlos Eduardo Moura Nascimento ficará com a cadeira que era de Galba. Já o IMA estará nas mãos do servidor comissionado Leonardo Lopes de Azeredo Vieira.

Polêmica

Renan Filho, ao conceder a Secult à Mellina Freitas, foi duramente criticado pela classe artística de Alagoas durante o primeiro mandato. 

Mellina, filha do desembargador do Tribunal de Justiça (TJ-AL), Washington Luiz Damasceno Freitas, é acusada de desviar dos cofres públicos quase R$ 16 milhões quando era prefeita de Piranhas. 

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir 15k
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade