Alagoas, 19 de abril de 2019 24º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
São Luiz do Quitunde

Juiz decreta preventiva de homem acusado de violentar esposa

Manoel Messias teria introduzido um cabo de vassoura na vagina da vítima

Redação

05/12/2018 11h11

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O juiz Wilamo de Omena Lopes, que atua no município de São Luiz do Quitunde, decretou na terça-feira a prisão preventiva de Manoel Messias Gonçalo, preso em flagrante sob acusação de ter agredido a esposa e introduzido um cabo de vassoura na vagina da vítima. A agressão teria ocorrido na segunda-feira, 3.

De acordo com o delegado Alexandre César, que investiga o caso, Manoel Messias foi ouvido ontem e teria negado autoria no crime de violência. Também teria dito que estava embriagado quando houve a ocorrência. A vítima, Simone Maria Silva do Nascimento, apontou o marido como autor do crime. Ela permanece internada na Maternidade Santa Mônica, onde recebe tratamento, e não há previsão de alta hospitalar.

O delegado também afirmou que a polícia está esperando o laudo médico da vítima para confirmar as agressões e adotar medidas cabíveis. Manoel Messias foi enquadro em crime previsto na Lei Maria da Penha.

No processo, o juiz narra que "os polícias que prenderam o conduzido [Manoel Messias], receberam uma ligação da médica plantonista do Hospital local, Dra Selma, alegando que a vítima havia sido espancada com socos e que foi introduzido um cabo de vassoura na vagina dela. Consoante declaração de fl.04, a Sra Ana Paula Conceição, ao ser ouvida alegou "que a vítima falou para a médica, Dra. Selma, que quem provocou as agressões foi seu próprio companheiro."

“Assim, verifico que para manter-se a garantia da ordem pública, a prisão do réu deve ser mantida, tendo em vista as agressões sofridas pela vítima, ora também companheira do custodiado. Posto isso, com fulcro nos artigos 311, 312 e 313, todos do CPP, converto a prisão em flagrante de Manoel Messias Gonçalo da Silva, devidamente qualificado, em prisão preventiva", determinou o juiz. 

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir 13.4k
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade