Alagoas, 11 de abril de 2021 24º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
cultura

Lançada 8ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas

Bruno Fernandes - estagiário sob supervisão

06/09/2017 14h02

Foto: Bruno Fernandes
Foto: Bruno Fernandes

A Universidade Federal de Alagoas (Ufal) lançou hoje (6) a programação oficial da VIII Bienal Internacional do Livro de Alagoas. O evento ocorreu durante café da manhã, em um hotel na Ponta Verde, e reuniu diversos responsáveis pela sua realização. 

Com o tema central “Livros que envolvem, leituras que libertam”, a VIII Bienal de Alagoas acontecerá entre os dias 27 de setembro e 8 de outubro no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, localizado no Jaraguá. 

É um evento que espera receber cerca de 200 mil visitantes durante os dez dias e já é considerado o maior evento cultural de Alagoas.

A reitora da Ufal, Valéria Correia, afirma que foi um desafio a organização da bienal e que é uma ótima indução à diminuição das taxas de analfabetos do estado. 

“Para a Universidade Federal de Alagoas foi um grande desafio realizar a oitava edição da bienal frente a crise que as universidades federais do país estão enfrentando. Mas através das parcerias, do apoio do governo do estado, do município o evento se fez possível e beneficiará a todos da sociedade alagoana”, relatou a reitora.

"A 8ª edição terá uma programação cultural vasta e um tema importante, que são os 200 anos de Alagoas. Teremos alagoanos protagonizando a Bienal, esse é o tom dessa Bienal, com uma vasta participação das escolas e da sociedade", completa a reitora.

O prefeito interino, Marcelo Palmeira, falou sobre a importância da bienal no município e sobre a valorização da cultura no estado. “Você ter uma bienal internacional como essa um é crescimento cultural para nosso povo, para essa criançada. Um evento que vem tendo recorde de público nos últimos anos. É um incentivo à pratica da leitura, da educação”, afirma Palmeira.

Faz três anos que a Secretaria de Educação em parceria com a Prefeitura de Maceió disponibiliza um vale-livro para alunos da rede pública de ensino, que eles podem usufruir durante a Bienal. É uma forma de incentivo à leitura, disponibilizando livros com descontos, e uma forma de combate as altas taxas de analfabetismo no Nordeste.

Alguns nomes já confirmaram presença na 8ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas e o público agora só precisa saber quando encontrá-los. Até agora já foram confirmadas as participações de FML Pepper, Jessier Quirino, Gregório Duvivier, Bráulio Bessa, Gustado Lacombe, Márcia Tiburi, Dirceu Lindoso e Sávio Almeida. O protagonismo, de acordo com a gestora, será Alagoas, "sua história, gente, os pensantes". Cerca de 200 mil pessoas são esperadas.

A vasta programação cultural e acadêmica da bienal está disponível no site. O evento é gratuito e busca valorizar a cultura do estado.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade