Alagoas, 21 de janeiro de 2022 25º min 31º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322

Com CPF na nota, mais de 6.400 alagoanos recebem repasse da Sefaz

ASCOM SEFAZ

19/03/2016 08h08

Com CPF na nota, mais de 6.400 alagoanos recebem repasse da Sefaz

O Programa Nota Fiscal Alagoana (NFA) da Secretaria de Estado da Fazenda beneficiou, nesta sexta-feira (18), o maior número de contribuintes em uma só liberação de créditos, desde o início da gestão. Nesta etapa, mais de 6.400 alagoanos recebem os valores da restituição de valores provenientes de compras realizadas com a exigência do cupom fiscal.

Os créditos serão repassados para os contribuintes que fizeram a solicitação no período de 22 de dezembro de 2015 a fevereiro de 2016 e alcançam o montante de R$ 697.540,00. Se comparado com a média das liberações de créditos do ano de 2015, de cerca de 3 mil contribuintes por lote, essa etapa supera as demais em mais de 100%.

O crescimento se justifica na maior conscientização do contribuinte alagoano quanto aos benefícios proporcionados pelo programa, que devolve até 30% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), efetivamente recolhido pelo estabelecimento a seus consumidores.

De acordo com a gerente da Nota Fiscal Alagoana, Glacia Tavares, o programa tem sensibilizado os alagoanos a inserir o CPF na nota. “O cidadão precisa estar lado a lado com o Estado e temos trabalhado essa consciência através do Programa de Educação Fiscal. A sociedade está mais consciente de seus direitos e deveres, e sabe que, ao solicitar a nota fiscal, está contribuindo para coibir a sonegação de impostos e garante a correta aplicação do tributo”, destacou a gerente da NFA.

Benefícios da NFA

Para requisitar que os tributos sejam creditados na conta, o contribuinte deve realizar o cadastro no site da Sefaz, no endereço eletrônico http://www.sefaz.al.gov.br/nfa, e manter os dados atualizados. Caso a solicitação não seja atendida, o solicitante deve procurar a gerência de Educação Fiscal, em Jacarecica, Maceió, de posse do extrato bancário, das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira.

Os contribuintes que informarem CPF ou CNPJ no momento da compra podem escolher como receber os créditos e ainda concorrem a prêmios em dinheiro.

Conectado ao sistema, por exemplo, o consumidor também pode doar valores da nota fiscal a entidades sociais de Alagoas. Para isso, deve direcionar para qual unidade os créditos serão repassados e apresentar dados como CNPJ do estabelecimento, o tipo de nota, data da compra e valor a ser creditado.

Para mais informações acerca da Nota Fiscal Alagoana, o cidadão pode acessar o manual do consumidor, no site da Sefaz, no endereço eletrônico http://www.sefaz.al.gov.br/nfa/manuais/manual_consumidor.pdf.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade