Alagoas, 29 de novembro de 2021 26º min 32º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CODEVASF

Ouvidoria da Codevasf implanta atendimento regional em Alagoas

26/09/2015 08h08

Ouvidoria da Codevasf implanta atendimento regional em Alagoas

O diálogo com os cidadãos é um dos princípios da transparência na gestão pública do governo federal. Para aperfeiçoar esse diálogo, a Ouvidoria da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) trabalha na implantação de atendimentos regionais nos estados de sua área de atuação.

Nesta semana, a ouvidora da Codevasf, Rita de Cássia Costa Minervino, esteve na 5ª Superintendência Regional da Companhia, em Penedo (AL), para apresentar o projeto de regionalização da ouvidoria. Quando implantado, qualquer cidadão de Alagoas poderá pessoalmente se dirigir à superintendência e pedir esclarecimento de dúvidas e encaminhar denúncias, sugestões e elogios relativos às políticas e ações desenvolvidas pela empresa.

Segundo a ouvidora, todas as superintendências da Companhia estão sendo visitadas para implantação das ouvidorias regionais. “Fizemos uma adesão ao Sistema de Ouvidoria Geral da União e estamos implantando e treinando esse sistema em todas os estados de atuação da Codevasf, criando, assim, um ponto focal nas superintendências regionais que atuarão em parceria com a Ouvidoria da sede da empresa em Brasília”, adiantou Rita.

Para ela, as ouvidorias possuem importante papel de comunicação entre instituições públicas e privadas e a sociedade. “A ouvidoria em qualquer órgão privado ou em instituições públicas, a exemplo da Codevasf, é porta de entrada e canal de comunicação com a sociedade. Para isso, as superintendências regionais devem estar preparadas para acolher os cidadãos, receber suas demandas e acompanhar até o final o atendimento”, defendeu a ouvidora.

Com a adesão da Ouvidoria da Codevasf à Ouvidoria Geral da União, será mais fácil identificar as vulnerabilidades no atendimento ao cidadão e a correção de eventuais falhas, aperfeiçoando o diálogo do governo federal com os brasileiros.

O superintendente regional da Codevasf em Alagoas, Luciano Chagas, conheceu o projeto de regionalização da Ouvidoria durante a apresentação do projeto aos gestores regionais e já iniciou as ações para viabilizar o funcionamento do ponto focal que fará o atendimento dos cidadãos.

“Quando recebemos a demanda para a instalação do ponto focal da Ouvidoria da Codevasf em Alagoas, não medimos esforços. Já estamos reformando uma sala para que tenhamos um ambiente tranquilo para que nosso profissional treinado e capacitado possa receber essa demanda e que o cidadão possa fazer as suas reivindicações, suas denúncias”, afirmou Chagas.

ATENDIMENTO AO CIDADÃO

A Ouvidoria da Codevasf foi instituída em agosto de 2006 e tem como premissa o atendimento claro e objetivo das solicitações dos usuários. As demandas dos cidadãos chegam à Ouvidoria por diversos canais: atendimento telefônico (gratuito), formulário eletrônico, correspondência, atendimento presencial, entre outros. Para acessar ao serviço, o cidadão pode identificar-se, pedir sigilo e também fazer denúncias anônimas.

Atualmente, o serviço telefônico é canal da Ouvidoria mais utilizado pelos cidadãos. Ele é gratuito e indicado para pessoas que precisam de uma resposta simples e direta. O atendimento ocorre de 2ª a 6ª (exceto feriados), das 8h30 às 17h30. Para acessar esse serviço, é só ligar: 0800 610021, opção 3, ou pelos telefones: (61) 2028-4610 / (61) 2028-4732. As respostas da Ouvidoria podem ocorrer por endereço postal ou por meio eletrônico (e-mail).

Outro canal que poderá ser utilizado pelos cidadãos é o e-mail: [email protected]

Desde a publicação da Lei 12.527, de novembro de 2011, o cidadão também tem à sua disposição, no portal da Codevasf, a seção denominada Acesso à Informação, na qual são publicadas diversas informações sobre as atividades desempenhadas pela empresa.

Em Alagoas, a Codevasf disponibiliza o Serviço de Informação ao Cidadão (SIC), que atende na sede da Superintendência Regional, em Penedo (AL), e também pode ser procurado pelo e-mail: [email protected]

Fonte: Ascom/Codevasf

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade