Alagoas, 27 de maio de 2022 23º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
GREVE

Professores da rede estadual entram em greve por tempo indeterminado

16/07/2015 09h09

Professores da rede estadual entram em greve por tempo indeterminado

Paralisação dos servidores da Educação deve ter início nesta quinta-feira em todo o estado

A greve dos professores da rede estadual de educação começa nesta quinta-feira (16) e segue por tempo indeterminado, deixando cerca de 200 mil alunos fora da sala de aula. A categoria reivindica reajuste salarial de 13,01%, melhores condições de trabalho e o fim da precarização dos servidores.

A paralisação foi anunciada na última sexta (11), após assembleia do Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal). Segundo a presidente da entidade, Maria Consuelo Correia, os profissionais tentavam, desde maio, uma negociação com o Governo.

A greve abrange todos os funcionários da rede pública de ensino estadual, que tem em média 6.500 professores – nem todos na sala de aula, devido às atividades de direção e coordenação. Além do aumento salarial e de melhores condições de trabalho, eles pedem a aplicação de progressões e a reforma de escolas em situação precária.

O reajuste oferecido pelo Poder Executivo foi de 7% parcelados em três vezes, o que foi rejeitado pelos profissionais. De acordo com nota emitida logo após o indicativo de greve, a Secretaria de Educação não teria sido comunicada da decisão dos servidores e garantiu que sempre se utilizou do diálogo para negociar.

O Governo alega que o “estrangulamento das contas públicas”, sobretudo pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), mostra que a proposta dos 7% é o máximo que o Estado pode oferecer.

Fonte: Gazeta Web

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade