Alagoas, 24 de julho de 2019 23º min 25º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
ELEIÇÕES 2014

TSE divulga arrecadação parcial dos candidatos ao governo de AL

07/08/2014 08h08

TSE divulga arrecadação parcial dos candidatos ao governo de AL

Os candidatos que concorrem ao cargo de governador em Alagoas durante o processo eleitoral de 2014 já arrecadaram, somadas as doações durante os primeiros meses de campanha, mais de R$ 4 milhões para serem investidos durante campanha eleitoral. A informação, disponibilizada no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), corresponde a primeira parcial da Prestação de Contas Eleitoral, que registra os valores da receita e despesas de cada candidato.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De acordo com o TSE, em Alagoas, apenas três candidatos apresentaram prestações de contas parciais: Benedito de Lira (PP), Renan Filho (PMDB) e Eduardo Tavares (PSDB), candidato que desistiu da disputa. Os demais não apresentaram documentos que expõem arrecadação e gastos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dos candidatos de Alagoas com informações financeiras no sistema do TSE o que mais arrecadou foi Renan Filho com receita de R$ 2.523.157,12; ficando Benedito de Lira em segundo lugar, com R$ 962.225,00; e Eduardo Tavares com R$ 1.200,000,00. Somando ao todo mais de R$ 4 milhões de investimentos só entre eles.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quanto aos candidatos Coronel Goulart (PEN), Golbery Lessa (PCB), Joathas Albuquerque (PTC), Júlio Cezar (PSDB), Luciano Balbino  (PTN) e Mário Agra (PSOL) não há informações sobre movimentação financeira no banco de dados do TSE.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Aos interessados em acompanhar a movimentação financeiras dos candidatos - ao Governo, Senado, Câmara Federal e Assembleia Legislativa - durante as Eleições 2014, basta acessar o link Prestação de Contas Eleitorais, disponível no site da Justiça Eleitoral. (http://www.tse.jus.br/).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lei das Eleições

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De acordo com a Lei nº 9.504/1997, a primeira parcial da prestação de contas deve ser entregue à Justiça Eleitoral entre os dias 28 de julho e 2 de agosto do ano da eleição.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A segunda parcial deve ser entregue entre 28 de agosto e 2 de setembro. A divulgação ocorre nos dias 6 de agosto e 6 de setembro, respectivamente. A norma também prevê que a ausência de prestação de contas parcial caracteriza grave omissão de informação, que poderá repercutir na regularidade das contas finais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Já a prestação de contas final deve ser entregue até o dia 4 de novembro, 30 dias após as eleições. Para os candidatos que concorrerem ao segundo turno, a prestação de contas referente aos dois turnos deverá ser entregue até o dia 25 de novembro.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Portal G1

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir 15.6k
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade