Alagoas, 28 de janeiro de 2022 24º min 31º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CRISE NA SEGURANÇA

Sindpol cogita retorno da Operação Padrão e greve

12/05/2014 15h03

Sindpol cogita retorno da Operação Padrão e greve

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis em Alagoas (Sindpol-AL), Josimar Melo, anunciou, nesta segunda-feira (12), o possível retorno da Operação Padrão após governo do Estado não ter cumprido totalmente com o acordo que deu fim ao protesto. A categoria realizará, na próxima sexta-feira (16), um ato público em frente ao Palácio República dos Palmares para cobrar o auxílio alimentação e, caso não haja resposta, Josimar disse que a categoria irá avaliar a retomada da operação ou até a deflagração de uma greve.

 

“A proposta aprovada pelos policiais civis previa, além do reajuste salarial, a concessão do auxílio alimentação, mas já se passaram quase dois meses e o decreto ainda não foi publicado. Realizaremos o ato e, dependendo da avaliação, poderemos retomar a operação, deflagrar greve ou até mesmo solicitar a suspensão do trabalho dos policiais que estão nas delegacias sem a alimentação”, explicou o presidente do Sindpol.

 

Segundo explicou Josimar Melo, a publicação do decreto autorizando a concessão do auxílio deveria ter sido imediato, quando foi aprovado, em março, o acordo baseado no que foi apresentado pelo governo. A proposta, de acordo com o Sindpol, concede R$ 20 em verba de alimentação por cada refeição aos civis em regime de plantão de 12 horas de serviço.

 

Em nota encaminhada à imprensa na tarde desta segunda-feira, a presidência do Sindicato lembrou que o cumprimento do acordo vem sendo cobrado do governo por meio da Delegacia Geral da Polícia Civil, e das secretarias de Gestão Pública e da Defesa Social, ainda na gestão de Eduardo Tavares. Segundo a nota, o Sindpol também solicitou uma audiência com o governador Teotônio Vilela para tratar do assunto, mas não obteve resposta.

 

O governo do Estado havia se comprometido a publicar o decreto do auxílio alimentação, mas até o momento não cumpriu o acordo. O Sindpol vem cobrando do do Estado através do delegado Geral, do secretário de Gestão Pública e do então secretário de Defesa Social, Eduardo Tavares a publicação do auxílio alimentação. O sindicato também solicitou uma audiência com o governador Téo Vilela para tratar do assunto, mas não obteve resposta.

 

 “Os policiais civis da capital e do interior estão sem alimentação por conta do não cumprimento de um acordo firmado em março”, enfatizou Josimar Melo, ressaltando que o ato público será iniciado às 9h, na frente do Palácio.

 

 

 

 

 

Fonte: Portal Cada Minuto

 

 

 

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade