Alagoas, 16 de setembro de 2021 23º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Saúde

Ministério Público investiga denúncia contra empresas de água mineral

Nível de sais encontrados na água estaria irregular. Sindicato das Indústrias de Engarrafamento denunciou marcas

Do G1 AL

18/02/2014 11h11

Ministério Público investiga denúncia contra empresas de água mineral

O Ministério Público de Alagoasinstaurou um inquérito civil e uma ação civil pública para investigar irregularidades nos níveis de sal presente em águas minerais de quatro empresas que atuam no estado. A informação foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (18).

Segundo a publicação, que foi assinada pelo promotor de Justiça Mário Augusto Soares Martins, serão investigadas as marcas Lindoya, Naturallis, Cristalina e Real do Vale. A representação contra as empresas foi apresentada pelo Sindicato das Indústrias de Engarrafamento de Água Mineral de Alagoas  (Sindágua). O documento aponta irregularidades nos níveis de sal da água.

Ainda de acordo com a publicação, serão feitas diligências investigatórias para confirmar a denúncia e esclarecer os fatos. Dentre elas, o MP informa que vai coletar documentos, certidões, perícias e realizar inspeções.

Além disso, foram expedidos ofícios às Vigilâncias Sanitárias Municipal e Estadual requisitando análises nas águas minerais envasadas.

 

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade